Meditações 2020

Palestra Yogi Bhajan: Tolerância ao Grau Infinito

Trechos de uma palestra de Gurdwara no Summer Solstice em 16/06/96 em Guru Ram Das Puri, NM
Fonte: www.3ho.org – Yogic Living

———-Qual é a Era de Aquário em que estamos entrando? Durante séculos, tentamos aprender, tentando saber, tentando melhorar muito. Queremos crescer, mas nesta era em que entramos em 1991, o conhecimento estará disponível para todos. Os computadores podem tornar uma pessoa mais tola a pessoa mais sábia, porque haverá uma inteligência qualificada à disposição de todas as pessoas.

———-O julgamento de uma pessoa com base na sabedoria será eliminado. Todo o conhecimento estará disponível para um ser humano. A arte da comunicação entre os seres humanos será tão vasta que todos conhecerão todos e tudo sobre todos, para todos os fins ou para nenhum propósito. Agora, esses são três bons aspectos.

———-O pior de tudo é que será mais difícil lidar com isso. A individualidade deve desaparecer. Nesta era vindoura, não é: você me conhece e isso basta; nós temos uma reunião e isso é suficiente. Sentado em casa, você pode se comunicar com qualquer pessoa, em qualquer lugar, para qualquer fim, a qualquer momento. O indivíduo não terá força porque não haverá individualidade.

———-Haverá um tempo em que não haverá lugar para o ego. Você quer ego; você quer manter o ego, e não haverá chance. Será exatamente o oposto desta era. Será a idade de um sábio em que todos serão sábios.

———-Então, estamos entrando em uma nova era, na qual precisamos aprender a adquirir nosso próprio eu interior, o próprio ser. Sempre teremos uma alma. Você tem um corpo para manter a alma por enquanto. Mas uma coisa não temos: como desenvolveremos nossa mente para obter essas informações. Como vamos lidar com essa mente dentro de nós? Como vamos tolerar a informação total e subir acima dela? É disso que se trata a Era de Aquário.

———-Queremos ser nós com controle de nossas emoções, sentimentos e intelecto e inteligência. E essa é a nossa abordagem prática na Era de Aquário. Você tem que aprender a arte da tolerância até o grau infinito. Você tem que aprender a arte da comunicação em grau infinito. Você tem que aprender a arte do perdão instantâneo. Não mostre nenhum sinal, não demonstre reação, não mostre absolutamente nada a não ser sua virtude. A vida será muito rápida.

———-Quem quer ter uma consciência expandida e diz: “Eu vejo meus céus dentro de mim” – você diz o que? E este é apenas o começo da cúspide da Era de Aquário. Nosso pensamento, nossas idéias, nossos pensamentos se tornaram tão grandes, mas nossa atitude mental se tornou tão pequena que é doloroso até explicar.

———-Durante séculos, nossa tolerância religiosa é tão ruim que matamos milhões de pessoas apenas com a limpeza étnica. Então, neste mundo, estamos adquirindo uma paz, uma paz mental, uma satisfação da graça individual. A graça humana deve ser respeitada pelo próprio humano e pela humanidade em geral. É isso que estamos buscando. Estamos buscando uma graça em que possamos acolher com nossa divindade aqueles que não têm divindade. Se, na Era de Aquário, o homem não pode acolher o homem mais condenado, ele não ressuscitou de sua besta. Se o homem não pode acolher o ser vivo mais indesejado, ele não considerou sua consciência infinita.

———-É nosso dharma honrar aqueles que não têm honra. Guru Amar Das disse: “Você será o lugar daqueles que não têm lugar; você será o lar dos desabrigados. Você será a honra daqueles que não têm honra; você será o abrigo daqueles que não têm abrigo. ”Nós seremos a força da pessoa que é fraca e não tem força. Seremos a proteção de tudo o que é. E isso é apenas humano.

———-Adote uma conduta pessoal de tolerância infinita. Nossa missão é misturar e emaranhar nosso espírito, nossa alma; para entender a uníssono.

© The Teachings of Yogi Bhajan

Esses trechos foram retirados da palestra completa encontrada na Biblioteca de Ensinamentos Yogi Bhajan.

Primeiro sutra da Era de Aquário: reconheça que o outro é você

Instruções para meditação:

Postura/Mudra:

———-Sente-se em Postura Fácil com a coluna ereta. Coloque sua mão direita com os dedos fechados (exceto o dedo de Júpiter), na lateral do seu ombro com o dedo de Júpiter (dedo indicador) apontando para cima e coloque a mão esquerda sobre o centro do coração. Você também pode fazer esta meditação na  posição sentada, costas com costas, com o seu parceiro.

Olhos: Focados no Ponto entre as Sobrancelhas

Mantra:Entoe com Hummee Hum, Tumee Tum, por 11 minutos.

Primeiro Sutra e o Mantra: Humee Hum Tumee Tum Wahe Guru

                                                 I am Thine in Mine Myself Wahe Guru

Myself Wahe Guru 

Por Gurucharan Singh Khalsa, Diretor de Treinamento do KRI 

       Um sutra é uma afirmação que tece junto dois reinos—o finito e o Infinito—dentro da consciência que apóia o Ser. Este sutra—Reconheça que a outra pessoa é você—têm três dimensões: Eu, você e Vós/Infinito.

       O sutra diz que você e cada pessoa compartilham um núcleo comum; um ponto imóvel que é infinito por natureza.Ele está antes e depois do nosso senso normal de tempo e espaço, e ainda dá nascimento a tudo que é vivenciado no tempo e espaço. Similar ao que os físicos chamam de vácuo quântico. É uma quietude vazia da qual todas as coisas surgem.Entramos nisso criando um estado de shuniya na meditação e oração.

       Conforme a Unidade se expressa, adquire a forma de polaridades. Uma polaridade básica é você e outros. Você e eu. Sem quietude e profundidade no nosso coração, estes parecem diferentes, opostos e não relacionados. Mas, enquanto nos sintonizamos ao profundo dentro da nossa própria consciência (Humee Hum) e escutamos o profundo na outra pessoa (Tumee Tum) e colocamos ambas as sensitividades perante o Infinito (Wahe Guru), somos multiplicados.

          O mantra que estamos usando com este sutra—HumeeHum, Tumee Tum, Wahe Guru; I’mThine, in Mine, Myself, Wahe Guru—tem uma estrutura sutil no som, ritmo e arranjo dele. Vibramos isso a partir de dentro do nosso coração e escutamos nosso som e nos tornamos fundidos nele. Existe um ritmo energético de 3,5 ciclos neste entoar. Isto não significa apenas o ritmo ou o talO que será isto?? Será o Tao chinês que indica totalidade???. Significa o gesto energético do canto no significado, energia e projeção.

        Para sentir e manifestar o ‘insight’ sutil deste sutra, não há afirmação mais forte que Humee Hum, Tumee Tum, Wahe Guru; I’mThine, in Mine Myself, Wahe Guru.

I’mThine, in Mine

        Quando dizemos: “I’mthine, in mine”, estamos projetando nossa consciência e conectando ‘meu’ ser pessoal ao senso do Infinito— ao (para) Vós. É minha conexão.

Myself

    Quando dizemos, “Myself”!”, somos feitos totalidade nessa conexão e assim declaramos a realidade do nosso Ser. Testemunhamos e afirmamos a nossa realidade. Somos aclarados, elevados, iluminados e verdadeiros. Compreendemos o que estamos conectando. I amthine in mine. Estamos falando em uma conversa direta com o Infinito e o Ser.

Wahe Guru

        Então, multiplicamos essa realidade ao Infinito com Wahe Guru. A afirmação nos leva da polaridade para Unidade, para o Infinito. O som e a sintaxe dele nos trazem para dentro do relacionamento, realização e declaração.

Humee Hum

          Quando dizemos Humee Hum, é a profundeza do meu próprio sentido de ser e consciência. Requer o centro do coração.

Tumee Tum

      Quando dizemos Tumee Tum e projetamos a profundidade do Outro—a outra pessoa, a outra coisa, o outro desconhecido. Chegamos dentro de um relacionamento—um Tantra do jogo e poder de Deus.

Wahe Guru

       Uma vez ainda, potencializamos esta polaridade ao Infinito com Wahe Guru. A percepção e incorporação do sutra “Reconheça que a Outra Pessoa é Você” são aceitas (além de toda nossa resistência consciente e subconsciente) e realizadas facilmente. Tudo que está dentro e tudo que está fora chegam juntos e são expandidos em Wahe Guru. O centro do coração e o centro da garganta são envolvidos. No som he (hay), o fluxo do poder e energia é sentido gentilmente no ponto entre as sobrancelhas para completar a projeção.

       Deste modo a clareza da mente chega. O sentido do propósito pessoal e o propósito da vida chegam. E uma conexão profunda com a outra pessoa e com Tudo que É surge.

Cadastre-se em nossa

Newsletter

Copyright [AKYM BR] – Associação Nacional de Professores de Kundalini Yoga.

Mensagem para a Sangat Nacional de Professores

Sat Nam,

     Após a publicação do relatório da An Olive Branch a AKYM chamou a reunião do 21/08 com o intuito de ouvir a comunidade de professores de Kundalini Yoga em relação as impressões e sentimentos sobre o assunto.

     Esse exercício de escuta tem sido realizado em diversos locais do mundo pelas Associações de Professores com o objetivo de acolher as diversas manifestações e pautar a tomada de decisão pelas Instituições responsáveis por guardar o legado do Kundalini Yoga. Agradecemos a presença de todos que participaram da reunião e que tiveram a oportunidade de colocar a sua voz.

    Dito isso, reiteramos alguns pontos como posição preliminar da AKYM:

    1) Repudiamos qualquer tipo de abuso de poder ou sexual;

   2) Não desacreditamos da voz das mulheres que prestaram seus depoimentos para o relatório;

   3) Entendemos a importância do legado de Kundalini Yoga como um instrumento de transformação individual e coletiva, comprovada através da experiência ao longo dos anos.

    Ouvindo os professores que participaram da reunião, entendemos também que as decisões que possam a vir ser tomadas com relação ao futuro do Kundalini Yoga não devem ser unilaterais ou verticalizadas.

    Em breve A AKYM irá disponibilizar um formulário para que os professores possam manifestar suas opiniões e sentimentos com o futuro do legado e como gostariam de ser representados por essas Instituições a partir de agora. A compilação dos resultados será remetida ao Kundalini Research Institute (KRI) pela AKYM.

Em serviço e consideração,

Diretoria da AKYM

A AKYM está com você, a AKYM pensa em você, a AKYM é para você.
Aguardamos sua adesão e seu entusiasmo.