Meditações 2020

Paz: Produto
químico ou
conceito

Por Doug Wilson
Fonte: www.3ho.org – Yogic Living

———-Durante muito tempo, acreditei que a única maneira de experimentar minha idéia imaginada de paz seria que todos e tudo ao meu redor se tornassem mais pacíficos. Ter essa percepção me fez sentir preso neste mundo moderno frenético e rápido. À medida que o tempo progredia, meu desejo sem esperança criava nada além de ansiedade e um desejo mais forte de o mundo se tornar do jeito que eu achava que deveria ser.

———-Eu era escravo de situações externas. Sempre que algo me causava agitação, eu, subconscientemente, me revoltava. Eu reclamava de injustiça e infortúnios, ou escapava através de drogas e álcool para mascarar as flutuações frenéticas da minha mente e emoções.

———-As mudanças químicas de energia das drogas e do álcool criaram sentimentos de espaço e alívio temporários. Por curtos períodos de tempo, eu ficava à vontade e o mundo era um lugar maravilhoso.

———-Eu sobrevivi àqueles dias sem um único minuto de dedicação para me sentar para relaxar e sentir a realidade. Gradualmente, me deparei com a verdade: que a paz é um sentimento, não um conceito. Quaisquer que sejam os nossos sentimentos, cada resposta emocional tem uma química correspondente dentro do corpo. Como nossa química passa naturalmente por várias mudanças, passamos por diferentes níveis de experiência.

———- Kundalini Yoga e meditação foi projetado para mudar essa química em um nível fundamental, para que possamos mudar. Então, ser pacífico se torna uma qualidade natural da existência interior.

———-A criação dessas mudanças nunca virá de ilusões; é um processo mecânico. O tempo para dar uma chance à paz, já passou por nós. É hora de nos dar um momento para  sentarmos em um estado de reverência, para nos honrar e contribuir para a tranquilidade da humanidade, mantendo uma química pacífica por dentro.

——- “Faça seu próprio altar e, nesse altar, humilhe-se e leve a zero, em paz, em tranquilidade e sem emoções.” – Yogi Bhajan.

———-Añjali Mudrā (pose de oração) é um gesto científico de reverência e um selo energético para honrar a si mesmo. Ao sentar de pernas cruzadas e unir as mãos no centro do coração, neutralizamos as polaridades (+/-) do campo eletromagnético. Quando as mãos esquerda e direita se encontram dessa maneira, também equilibramos os hemisférios direito e esquerdo do cérebro.

———-Com as mãos pressionadas firme e uniformemente juntas e os dedos apontando para cima, colocar as articulações dos polegares contra o entalhe do esterno provoca um ponto reflexo para o nervo vago. O nervo vago é o décimo nervo craniano (CN X). Interage com os controles parassimpáticos do coração e dos pulmões, que ajudam a acalmar e retardar os ritmos do corpo. Uma corrente elétrica flui pelos nervos e faz com que as glândulas pineal e pituitária secretem e mudem nossas ondas cerebrais de um estado elevado de alerta (beta) para um estado alfa – a porta de entrada para nossa mente subconsciente e um passo mais profundo na meditação.

———-Añjali Mudrā aparece em todas as formas de yoga, budismo e hinduísmo. No Ocidente, isso é visto como um sinal de oração. Freqüentemente a associação com a religião causa relutância nas pessoas em fazer o gesto, mas a beleza e a eficácia desse mudra são atemporais e universais. Não vamos nos negar essa terapia natural para estresse e ansiedade que promove o respeito por si e pelos outros.

———-Isso não acontecerá da noite para o dia, mas com o tempo, com a autodisciplina e a dedicação, podemos mudar profundamente a nós mesmos para encontrar a paz que buscamos.

Torne-se um amante da paz usando as armas da bondade e da compaixão

Por Catalyst Yogi

———-“Agora, a questão para todo ser humano inteligente sob esse sol na Terra é que, se queremos sobreviver, temos que aprender a amar a paz. A tragédia é que ainda não aprendemos a amar um ao outro. É muito difícil. Temos medo um do outro. ”-Yogi Bhajan

———-Quando olhamos para o mundo hoje, viver em paz pode parecer uma tarefa assustadora, mas a sobrevivência da espécie humana depende disso. Você pode perguntar: “O que posso fazer para ajudar a trazer paz a este mundo caótico? Sou muito pequeno e os problemas são grandes demais. “

———-Quando você se pegar nesse tipo de pensamento derrotista, lembre-se de que a Era Aquariana está chegando e será um tempo de paz e harmonia entre todas as pessoas. Sim, a história de nosso despertar terminará bem, mas cada um de nós deve primeiro desempenhar nosso papel para trazer essa nova consciência para a Terra.

———-Por onde começamos? O trabalho de paz começa com o indivíduo e depois se estende aos nossos relacionamentos pessoais. Por que é tão difícil trazer harmonia e amor a todos os nossos relacionamentos? Uma palavra – ego! Para transcender o ego, precisamos primeiro entender como ele funciona.

———-O ego vê o outro como um aliado ou uma ameaça à sua existência. O ego diz que você precisa se defender dos outros, especialmente se eles não concordam com você. O ego diz para você desligar seu coração para esse inimigo percebido. É o ego que teme o outro. No entanto, não há “outro”, existe apenas um  você “exterior” .

———-Sua alma não tem medo da outra – apenas vê outro aspecto de si mesma – o “eu exterior”. Um dos sutras da Era Aquariana é reconhecer que a outra pessoa é você e, na verdade, não há separação. Não existe você e eu – somos apenas nós.

———-Para escapar desse jogo ilusório de separação, precisamos primeiro aprender a NÃO nos identificarmos com nosso estado emocional. Estar na presença de outras pessoas pode trazer emoções de alta voltagem, especialmente se tivermos karma de vidas passadas para resolver. O conflito ocorre quando ambas as partes se identificam com seu estado emocional, e sempre são necessárias duas para dançar.

———-A verdade é que a paz é o nosso estado natural e não depende de estar em ambientes pacíficos ou de pessoas pacíficas. Deixar seu estado interior de paz é uma escolha. Você escutará seu ego, que vive em conflito, ou permanecerá dentro? Você pode manter seu coração aberto quando está no meio de uma tempestade emocional? Você pode não reagir ao seu ego quando ele grita para você se defender e provar que está certo? Você pode estender a bondade a alguém que é cruel com você?

———-É preciso uma autoconsciência vigilante para sair dessa armadilha de argumentação e divisão. É preciso disciplina para não ser vitimado por nossas emoções. A Era de Aquário exige que permaneçamos em nossos corações, um com o outro, através de todas as situações. Para nossa sorte, temos a poderosa tecnologia de Kundalini Yoga e Meditação para nos tornarmos mais conscientes e centrados no coração. À medida que você se torna mais consciente do seu estado emocional interno e do funcionamento do seu próprio ego, sente menos necessidade de se defender.

———-Na minha experiência, quando sinto que as emoções aumentam, especialmente ao discutir política, o melhor é dizer com calma ao meu eu exterior: “Discordamos sobre esse assunto e tudo bem. Vamos falar de outra coisa. ”A versão do ego de harmonia e paz é que temos que concordar com tudo, e isso não é verdade.

———-É hora de cada um de nós se tornar um amante da paz. Ser um amante da paz é tornar o relacionamento com a outra pessoa mais importante do que estar certo. Ser um amante da paz é tornar o coração mais importante do que as opiniões da mente. Ser amante da paz é usar as armas da bondade e da compaixão para desmantelar as defesas do outro. Lembre-se de que o ego não pode se segurar diante do amor incondicional que flui do seu coração inocente para o do outro.

Meditação pela Paz: Deus abençoe a Terra com Paz

———-O verdadeiro poder de uma pessoa encontra-se no poder de sua palavra. Esta meditação / oração é projetado especificamente para criar a vibração de paz no mundo.

Postura: Sente-se numa posição confortável, com a coluna ereta, os olhos fechados.

Mantra: Entoe 

———-Saudável Eu Sou, Feliz Eu Sou, Divino Eu Sou em um tom monótono e, em seguida, fazer a declaração:

———-“Deus Abençoe a Terra com a paz.”

Tempo: Continue por 11-31 minutos.

© The Teachings of Yogi Bhajan
 

Cadastre-se em nossa

Newsletter

Copyright [AKYM BR] – Associação Nacional de Professores de Kundalini Yoga.

Mensagem para a Sangat Nacional de Professores

   A AKYM abriu oportunidades aos professores associados que estejam interessados em se voluntariarem na participação de novos projetos.
   Quando desejarem participar de um seva, não esperem nada em troca, mas inevitavelmente ganharão experiência e a alegria do pertencimento. Assim são os professores que dão aulas pela AKYM, eles se projetam e se tornam conhecidos por um grupo muito mais vasto. E, nós, da AKYM, ficamos felizes em dar esta oportunidade aos nossos professores e a unir ainda mais nossa associação.
    O primeiro projeto aberto aos voluntários, é conduzir uma meditação diária, às 18h, no sistema de rodízio, isto é, será realizada uma escala e cada professor voluntário ficará responsável por determinado dia, de acordo com a sua disponibilidade.
    E mais, se você ainda não se animou em participar por dificuldades ou insegurança no uso da plataforma Zoom, a AKYM providenciará uma oficina para esclarecer dúvidas e oferecer treinamento no uso da ferramenta.
  Por fim, a AKYM também está planejando montar grupos de estudos com objetivo de aperfeiçoamento e crescimento aos professores voluntários que estiverem participando dos projetos. Aguarde!!!

A AKYM está com você, a AKYM pensa em você, a AKYM é para você.
Aguardamos sua adesão e seu entusiasmo.